Sobre a Vida

Ressaca

ncnc_ressaca

É que por trás da maresia desses olhos calmos, tem um mar revolto. Que engole grandes embarcações. E acalenta frágeis barcos de papel. Que abriga, em si, um cemitério de sucessivos naufrágios.

É que sob esses pés, ainda existe instabilidade. Que molda como barro cru aquele que sou. E me desmancha aos poucos. Que desperta o menino assustado que adormeceu em mim.

É que há insegurança. Promessas não cumpridas. E sonhos abortados. É que há a fome insaciável. O desejo por tudo. E a posse de nada.

 

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s