Sobre o Coração

À porta

 

16-aporta

Batidas na porta da frente.

Através do olho mágico, não reconheceu aquele que – com uma pequena mala à mão esquerda – esperava para entrar. Respondeu com silêncio e voltou a se ocupar com o que estava fazendo.

Frente à fechadura que permanecera trancada, o então estranho trocou de mão aquilo que trazia e deu meia-volta.

Era o Amor quem batia.

Ficou de passar outra hora.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “À porta

  1. Pingback: Papel e Tudo » À porta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s