Sobre a Vida

Correnteza

8-correnteza

Se posso comparar minha vida a um rio, posso dizer que 2012 foi a sua correnteza. Levou alguns galhos que boiavam na superfície e desenroscou alguns anzóis que, há muito, estavam presos nas pedras mais fundas.

2012 foi a correnteza que limpou o meu rio e renovou as minhas águas. Pouca coisa ficou intacta. Apenas aquelas enraizadas suficientemente bem para resistir à ação inerente à vida. A de forçar as coisas a passarem.

2012 foi a correnteza desse rio. Se meus olhos desaperceberam sua força, o meu corpo…  Esse ficou com aquela sensação tardia da água batendo contra a pele. Com aquela sensação de ser impulsionado para a frente mesmo sem sair muito do lugar.

Que o próximo ano também seja correnteza. E mais forte. Porque alguns entulhos ainda estão parados. Alguns galhos ainda estão atravessados. E algumas coisas lindas estão ali, atrás da curva, esperando para chegar à minha vista.

Anúncios
Padrão

2 comentários sobre “Correnteza

  1. Pingback: Papel e Tudo » Correnteza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s